4.2.11

Thereza Tinoco – Batom Grená (1984)



Thereza Tinoco estava sem gravar a exatos seis anos, quando a nova gravadora Recarey Discos a contratou para que ela lançasse em 1984 seu segundo trabalho, “Batom Grená”. O disco foi produzido por Manoel Banã Lois e podia ser encontrado facilmente em qualquer boa loja do ramo, graças a um contrato de distribuição com a multinacional Polygram.
“No Lugar Onde Moro”, “Café Amargo”, “Filé”, “Batom Grená” e “Aprovação” (todas compostas por Thereza) estão nesse Lp, além de “Una Mujer” (bolerão clássico de Paul Misrasky e C. Olivani) e “Quem Me Há de Dizer” e “Maria Rosa” de Lupicínio Rodrigues em parceria com  Alcides Gonçalves.
Infelizmente, todos os contratados da Recarey (Elza Soares, Grupo Impacto, Dominguinhos do Estácio e Luiz Camilo) tiveram o mesmo problema. A gravadora não trabalhava seus contratados, e o disco não aconteceu.
Vale também registrar que, Thereza é uma das melhores compositoras brasileiras, surgida em 1974 com a canção “Desgosto”, que foi gravada por Simone para seu Lp “Quatro Paredes”. Em 1978, Thereza lançou pela RGE seu primeiro disco como cantora, recebendo muita atenção por parte da crítica musical brasileira.
Como tantos outros... um disco a ser descoberto!

01-   No Lugar Onde Moro
02-   Café Amargo
03-   Quem Me Há de Dizer
04-   Una Mujer
05-   Aprovação
06-   Batom Grená
07-   Filé
08-   Tempo de Abandono
09-   Maria Rosa
10-   Sete Lados do Amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário